segunda-feira, 9 de maio de 2011

É oficial!

Estou com uma neura que hoje não dou nada feito!
Estou com o coração desfeito e só quero passar o dia agarradinha ao meu amorzinho.
Amanhã vou trabalhar com a certeza de que de hoje a um mês já estou em casa.
O nosso pequenino fica em casa com o S. e é claro que fico descansa porque ele fica com o pai, mas e eu, que fiquei com ele 24h/ 24h nos seus 4 meses???????
Posso até parecer tolinha mas está a partir-me o coração amanhã estar longe 5 longasssssssssssssssssssssssssssss horas.
Também sei que amanhã vou ser a típica funcionária pública que nunca fui...à hora de saída já lá estou eu com o dedo para picar o ponto...em jeito dos bons profissionais de atletismo à espera da partida para correr desalmadamente...eu corro para os braços dos meus dois amores (3 com o gato P. que também está um docinho!).
É assim...o peixe morre pela boca...e eu que sempre disse que só tirava 4 meses que dava em doida em casa tanto tempo...MENTIRA!!!!!! É o melhor do mundo estar com o meu filho e vê-lo a acordar e logo a sorrir, adormecer no colinho bem aconchegadinho e tranquilo...


5 comentários:

Candybabe disse...

As coisas mudam!!!
Aproveita bem o teu filhote... São momentos que não se repetem!!!
Jocas, que passem logo estas horas...

Filipa Serrão Oliveira disse...

já não és a primeira que só tira 4 meses que depois vejo a arrepender-se. Ir trabalhar e deixá-los, mesmo que seja com alguém de família, custa muito, afinal ainda são muito pequeninos e precisam de mãe. Mas vai tudo correr bem! Beijinho!

R* disse...

Obrigada Candybabe :)!

R* disse...

Ai Filipa, nem me digas nada! Nós fizemos esta opção mais por causa da situação de desemprego no mês seguinte. Eu podia ter tirado este mês que vou trabalhar de férias ou mesmo ter tirado a licença, mas como não sei quando vou receber a indemnização optámos por receber neste mês mais as férias que não gozo...enfim...opções que nos partem o coração. Ao menos sei que ele fica com o pai :) sempre tranquiliza um bocadinho o coração de uma mãe completamente apaixonada pelo filhote :)

Filipa Serrão Oliveira disse...

R* quando ficam com o pai é diferente. Eu quando a Clara fica com o pai saio descansada, é sempre diferente. São situações complicadas, mas vai correr tudo bem! Beijinho